Monthly Archives: Julho 2014

Parco

moderado, frugal parcimonioso económico, poupado diminuto, moderado adjetivo ETIMOLOGIA Do sânscrito कृश्यति (kṛśyati): tornar magro ou fino FONÉTICA par·co sotaque de São Paulo: ˈpˈaɾ.kʊ sotaque de Lisboa: pˈaɾ.ku UTILIZAÇÃO “O sábio é, que parco passa a vida Medindo, alegre, a entrada co’a saída Do

Publicado em Palavra

Ígneo

próprio do fogo, que tem fogo ou é de fogo produzido pela ação do fogo ardente, inflamado adjetivo ETIMOLOGIA Do latim ignis: fogo FONÉTICA íg·ne·o sotaque de São Paulo: ˈi.gi.njʊ sotaque de Lisboa: ˈig.nju UTILIZAÇÃO “Ó Christo! calla os ais na tua ígnea

Publicado em Palavra

Jaez

aparelho ou adorno de animais espécie, qualidade, laia, grupo nome masculino ETIMOLOGIA Do árabe janaz: arreio para camelos FONÉTICA ja·ez sotaque de São Paulo: ʒa.ˈes sotaque de Lisboa: ʒɐ.ˈeʃ UTILIZAÇÃO “E, porque vos não pareça que foi mais acertar que querê-lo fazer,

Publicado em Palavra

Pacóvio

ignorante, pouco inteligente ingénuo, aparvalhado bobo, simplório, tolo adjetivo e nome masculino ETIMOLOGIA De pacova: banana FONÉTICA pa·có·vi·o sotaque de São Paulo: pa.kˈɔ.vjʊ sotaque de Lisboa: pɐ.kˈɔ.vju UTILIZAÇÃO “Frases felizes… Frases encantadas… Ó festa dos ouvidos! Sempre há tolices muito bem ornadas… Como

Publicado em Palavra

Suscitar

fazer nascer, surgir ou aparecer provocar, originar, encorajar sugerir, lembrar verbo ETIMOLOGIA Do latim suscitō: encorajar, atiçar, levantar FONÉTICA sus·ci·tar sotaque de São Paulo: su.si.tˈa sotaque de Lisboa: suʃ.si.tˈaɾ UTILIZAÇÃO “A felicidade quer-se recatada para não suscitar invejas.” Camilo Castelo Branco VARIAÇÕES ERRADAS

Publicado em Palavra

Súcia

grupo de pessoas de má fama, marginais ou perigosas cambada, corja, ralé [Brasil] festa, farra [Portugal] patuscada, rancho, pândega nome feminino ETIMOLOGIA Derivado de sociedade FONÉTICA sú·ci·a sotaque de São Paulo: sˈu.sjə sotaque de Lisboa: sˈu.sjɐ UTILIZAÇÃO “Esses, meu nome, teu trovão,

Publicado em Palavra

Rubicundo

vermelho, rubro corado adjetivo ETIMOLOGIA Do latim rubicundus: vermelho, corado FONÉTICA ru·bi·cun·do sotaque de São Paulo: xu.bi.kˈũ.dʊ sotaque de Lisboa: ʀu.bi.kˈũ.du UTILIZAÇÃO “Não rogo ao deus do Amor, que furibundo Te arremesse do pé de seus altares; Ou que a peste mortal

Publicado em Palavra
Aprenda Inglês com milhões de histórias de 20 segundos!
plants
Comentários Recentes
Varty Cunha em Egocentrista
Sandra Goncalves em Sobre
Lucas Santos em qualquer ou quaisquer?
Gabriel Pesavento em Empatia
BestChas em vem, vêm, veem ou vêem?
Recebe no e-mail: clica aqui
  • 2.298.938 visitas