a, á, à, ou há?

a á à há

a: é usado antes de substantivos (coisas, pessoas, lugares ou emoções) para definir algo.
Ex.: “A bicicleta é bonita.”; “A Catarina não foi simpática.”; “Eu vi a cobra.”

á: é usado para acentuar a sílaba tónica de uma palavra (nunca é usado isoladamente).
Ex.: água; árvore; mágica; vácuo; página.

à: implica uma direção, sentido ou ação (é sempre usado isoladamente exceto aquando da fusão com artigos ou pronomes como em: às, àquelas, àqueles).
Ex.: “A Maria foi à igreja.”; “Ele passou à sua porta.”; “Eu dei doces à minha mãe.”

: implica que existe ou que se tem algo.
Ex.: “ muito tempo que não via a Joana.” (“Tem muito tempo que não via a Joana.”); “ coisas que não se explicam.” (“Tem/existem coisas que não se explicam”). “O correio -de chegar em breve.” (“O correio tem de chegar em breve.”)
Não confundir com: ha, hà (não existem) e ah (é usado como interjeição no sentido de admiração. Ex.: “Ah! Aquela é que é a sua casa? Pensei que fosse a do lado.”)

CUIDADO
Correto: “A blusa é nova?”
Incorreto: “À/Á/Há blusa é nova?”

Correto: “Isso aconteceu quanto tempo?”
Incorreto: “Isso aconteceu á/à/hà/ah quanto tempo?”

Correto: “Eu fui à casa de banho.”
Incorreto: “Eu fui a/á/há casa de banho.”

Correto: lágrima; espátula; águia; ágil
Incorreto: làgrima; espàtula; àguia; àgil

Correto: “Ah! Que sorte!”
Incorreto: “Há/ha/hà, que sorte!”

Tagged with: ,
Publicado em Palavra, Prontuário ortográfico
83 comments on “a, á, à, ou há?
  1. rodrigo sales diz:

    uau muito bom! gostei mesmo!😀

    • Andreia diz:

      Oi Rodrigo. Ficamos contentes que goste🙂

      • Zé do Ipiranga [Tupi: Rio Vermelho] diz:

        sugestão
        à e a[artigo, pronome] (pode ser substituído por “ao” e “o”, se mudar o gênero do objeto para masculino).

        a[preposição] não pode ser substituído por o, mas, quase sempre, pode ser substituído por “em”, mesmo deixando a frase entranha.

        bife a|em| parmegiana
        andar a|em| cavalo
        O evento levou muitas pessoas a|em| reações violentas;

    • wim diz:

      Eu, como estrangeiro, sem curso algum de Português, vejo este tipo de erros sistematicamente mas já não os comento, “coisas” de escola primária mal ensinadas …

    • william diz:

      E quanto ao formato de datas, por exemplo: Janeiro à Dezembro.
      Qual dos “As” eu devo utilizar?

  2. Erick RB diz:

    A crase eu aprendi há uns 2 anos na escola e não lembrava mais, agora eu entendi.

  3. Muito bom, esclareceu dúvidas!!!

  4. Show de bola! Sanei a dúvida que eu tinha! =D

    Muito obrigado por essa explicação!😉

  5. Diego diz:

    E quando você disse, vamos começar a trabalhar (ou o verbo que fosse)?

    Ali em que categoria entra?

  6. Igor Marin diz:

    vamos começar a trabalhar , vamos ao trabalho

  7. luiza diz:

    uma boa dica fazer a pergunta ; se for á e volto DA crase haverá , se for a ,e volto DE crase para que…ex: vou á Bahia .. volto da Bahia…nesse caso tem crase … mas se vou a SÃO PAULO volto de SÃO PAULO então não terá crase….

  8. a diz:

    Adorei me ajudou muito!!!

  9. paulo Roberto Trevine diz:

    Gostei das explicações, Parabéns!

  10. joao almeida diz:

    indeciso quanto a ou à mandar

    • Andreia diz:

      se for no caso da frase “ele está a mandar” é “a” e não “à”

      • Jhennifer Freitas diz:

        Se no caso “a” estiver antes do verbo, então não usarei “à”. Se caso estivesse depois do verbo dependo da oração (um verbo+ à+ um substantivo feminino) ai sim poderia empregar “à”. Um jeito fácil de compreender se devo ou não utilizar “à”, pode ser por meio de uma substituição do “á” pelo “ao”, assim como o “substantivo feminino” por um “substantivo masculino”.

      • Jhennifer Freitas diz:

        Se no caso “a” estiver antes do verbo, então não usarei “à”. Se caso estivesse depois do verbo dependendo da oração (um verbo+ à+ um substantivo feminino) ai sim poderia empregar “à”. Um jeito fácil de compreender se devo ou não utilizar “à”, pode ser por meio de uma substituição do “á” pelo “ao”, assim como o “substantivo feminino” por um “substantivo masculino”.

  11. Lucas diz:

    Só uma correção: o “á” isolado existe, é o nome escrito da letra “A”🙂

  12. António diz:

    “para mim são aqueles á partida mais acessíveis” está correto?

  13. milena diz:

    nossa muito bom !

  14. Ana Paula diz:

    Muito bom gostei, tirei minhas dúvidas!

  15. Vinícius Luis diz:

    Nossa, que explicação fácil, útil e inteligente.
    Não tem noção o quanto me ajudou!
    Parabéns pelo post!

  16. Manoel Bastos diz:

    A algum pouco tempo nascemos com uma pretensão nada normal, buscar, fazer e oferecer o melhor em entretenimento para a cidade.

    Está correto?

    • Andreia diz:

      Caro Manoel Bastos, o correto é: “Há algum pouco tempo…”. No entanto, “algum pouco” é confuso. Eu sugiro: “Há pouco tempo…” ou “Há relativamente pouco tempo…”.

  17. Geovana diz:

    Muito bom, escrevo muitos textos para passar o tempo e quando tenho essa dúvida eu sempre venho aqui! Muito bom mesmo!

  18. Vítor Oliveira diz:

    “Melhor não há” ou “Melhor não á”?

    • Andreia diz:

      Vítor, o correto é “Melhor não há”.

    • Florêncio diz:

      Melhor não há

    • Intrigada diz:

      O “há” utiliza-se sempre que estejamos a falar de existência. Sempre que se possa substituir a palavra que lhe causa dúvida por “existe”, sem alterar o significado da frase, é sempre “há” -> Com a sua frase queria dizer “Melhor não existe” 😉
      Há muito tempo que visto estas calças = existe muito tempo que visto estas calças (não soa tão bem, mas o significado é o mesmo)

  19. […] Fonte: https://palavradodia.com/2013/08/05/a-a-a-ou-ha/ […]

  20. Gabriel diz:

    ”Há muitas coisas que eu não sei”. Está correto ?

  21. José Fonseca diz:

    Não estou de acordo quando dizem que á nunca se usa isoladamente. Usa-se mas apenas para designar a letra a / A .

  22. legal,poderia colocar mais dicas. diz:

    Gostei muito destas dicas

  23. Giovanna diz:

    Tenho uma dúvida. No exemplo: Ler as páginas 10 a 15. Eu uso à ou a?

  24. Suelen diz:

    Boa noite à todos está correto?

  25. Ariane diz:

    Quando me refiro a tempo, de Sexta a segunda, uso à ou a ?

  26. Vanir diz:

    A muitos anos não a vejo? Está correto?

  27. Martins Campos diz:

    Há muitos anos que não a vejo?

  28. Renata diz:

    Muito bom!!! Agora entendi! 🙂

  29. Gabriela diz:

    Muito bom! Agora sim pude entender! Obrigada!!

  30. R diz:

    2014 a dias atuais ou 2014 à dias atuais? (Sentido de ”Até”)

  31. pedro vinagre diz:

    vivo quase à 4 anos em Inglaterra, ou vivo quase há 4 anos em Inglaterra? qual está correcto?

    • Intrigada diz:

      vivo quase há 4 anos em Inglaterra- estamos a falar de tempo / existência, logo leva “h” (existem quatro anos que vive em Inglaterra (não soa bem, mas o significado e o mesmo)). Sempre que se possa substituir a palavra que lhe causa dúvida por “existe”, sem alterar o significado da frase, é sempre “há”.

  32. Liliane Machado diz:

    Olá… No caso da frase… Eu quero ajudar a muitas pessoas… Como seria?

  33. Intrigada diz:

    Olá a todos. Cara Andreia, tenho uma dúvida, sei que se deve usar o “a” com a acento grave quando nos referimos a lugares (Fui à escola; Levei-te à discoteca, …; mas tenho dúvidas se também devemos empregar este acento quando não nos referimos a lugares, por exemplo: “procedi à ativação” ou “procedi á ativação”? Ou no caso “podes responder à colega” ou “podes responder á colega”?
    Podemos pensar que sempre que não refira a lugares posso acentuar a letra com o acento agudo?
    Esta dúvida está a levar-me à loucura (ou á loucura)😀

  34. Manoel diz:

    Quem há matou?
    Quem assassinou à mulher?
    Estam corretas?

    • zita diz:

      Quem a matou?
      Quem assassinou a mulher?
      Estão corretas?
      Em português de portugal até à entrada do novo acordo ortográfico a palavra corretas seria escrita “correcta”

  35. Joana diz:

    Muito bem explicado!

  36. Tiago Neiva diz:

    Uma correção ao artigo: o verbo haver deixou de ter hífen, portanto é há de e não há-de.

  37. Catarina diz:

    Parabéns, muito útil.

  38. Rui Paulo diz:

    Faltaram os “às” e “ás”.

  39. NATANAEL ITALO diz:

    Quero tirar uma duvida, a frase: “Dedicando amor à vidas”. Está correta ou errada?

  40. José Fonseca diz:

    A quem diz que a com acento agudo nunca se escreve isoladamente, pergunto como se escreve a primeira letra do alfabeto? E a segunda?

  41. antonio diz:

    Gostei mtooooooo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Recebe no e-mail: clica aqui

Comentários Recentes
Lucas Ferdinand em houve, ouve ou houveram?
Lucas Ferdinand em houve, ouve ou houveram?
Lucas Ferdinand em houve, ouve ou houveram?
Jubens (@_JoaoRubens… em Encíclica
antonio em a, á, à, ou há?
  • 1,408,489 visitas
%d bloggers like this: